Já havíamos publicado aqui a primeira parte da entrevista de Robert Pattinson para a revista Vanity Fair em sua edição de Março. Agora, nossa equipe disponibiliza a segunda parte da entrevista. Robert comenta a parte ruim da fama. Reese e Francis Lawrence comentam como foi trabalhar com o ator em Water for Elephants. Confira a tradução na íntegra aqui.

“Ela foi o melhor ator que já trabalhei em minha vida,” Pattinson disse de Tai, sua co-star elefante indiana, que mora no sul da Califórnia, onde foi filmado a maioria do filme. (Tai apareceu na capa da Vanity Fair em 1992, posando com Goldie Hawn.) “Eu chorei quando a elefanta foi coberta pela manta de viagem,” ou filmou a última cena, disse Pattinson. “Eu nunca chorei quando alguém colocou uma manta de viagem”.

Mas uma das razões principais que ele escolheu fazer o filme foi que Jack Fisk, um design de produção indicado ao Oscar (Sangue Negro), disse a ele que pareceria como Terrence MAlick em ‘Cinzas no Paraíso’, que Fisk fez a direção de arte em 1978. “Eu tinha uma imagem do que poderia parecer,” Pattinson disse. “Eu como que peguei as coisas de uma maneira estranha.”