Durante a premiere mundial de ‘The Batman’ em Nova York, Robert Pattinson falou com a Vanity Fair no tapete vermelho e contou sobre seu compromisso com o filme, como foram intensas as gravações e o seu treino para o papel, além de falar sobre a rejeição das pessoas na internet quando foi anunciado como o Homem-Morcego, dizendo que entendia a conexão com o personagem e não queria ferrar tudo. Confira:

Conversando com Pattinson e Jason Momoa – orgulhoso padrasto de Zoë Kravitz – na estréia chamativa de The Batman.

The Batman, o mais recente filme do Cavaleiro das Trevas estrelado por Robert Pattinson, teve um longo e desafiador caminho para as telonas. Depois que fãs radicais reclamaram de seu elenco ao ponto de fazer xingamentos, e pausas por conta do COVID-19, o filme dirigido por Matt Reeves finalmente debutou em sua premiere mundial em Nova York na noite de terça-feira.

“Eu realmente não fiz mais nada por anos porque meu compromisso foi apenas com The Batman”, disse Pattinson na estreia do filme no Lincoln Center, marcando o retorno de eventos extravagantes no tapete vermelho de Hollywood com fãs gritando. “E depois das filmagens, foi muito difícil. Eu não tinha visto o sol em, literalmente, 18 meses. Eu mal conseguia andar por meses. Estou vagamente voltando ao normal agora!”

The Batman, que chega aos cinemas em 4 de março, é uma história independente que leva o vigilante de Gotham City de volta às suas primeiras raízes como detetive. Situado em uma realidade contemporânea, o filme do Batman não repete a história de origem de Bruce Wayne, mas segue um Bruce que está se vestindo como Batman há pouco mais de um ano.

Quando surgiram as notícias em 2019 de que Pattinson estaria interpretando o papel, a reação eclodiu nas mídias sociais. Fãs fervorosos criticaram o físico magro de Pattinson e até criaram petições no Change.org pedindo ao estúdio para reconsiderar o elenco.

“Sim, eu ouvi sobre a reação”, Pattinson admitiu no tapete vermelho. “Muitas pessoas se conectam com o personagem em um nível tão profundo. Eu podia entender por que as pessoas ficariam chateadas. Com um personagem como esse, todo mundo sabe que é altamente competitivo, e todo mundo vai me julgar antes do filme ser lançado e até depois. Todos que fizeram o papel tiveram um legado enorme e incrível, então todos estão interessados em ver como vou fazer isso. Desde o início, eu estava totalmente comprometido com o papel. Eu não queria estragar tudo.”

Uma vez que Pattinson foi contratado para interpretar Batman, ele começou a treinar com o coordenador de dublês Robert Alonzo. Por sete semanas, ele aprendeu artes marciais e coreografias de luta.

“Este foi de longe o papel mais difícil que fiz, fisicamente. Eu tive que aprender um método muito particular de coreografia. Parece fácil, mas na verdade não é”, disse Pattinson, rindo. “Primeiro, você aprende certos movimentos de artes marciais. Então você cria padrões diferentes muito rapidamente e adiciona alguns conjuntos de combinações diferentes. Assim que você veste o traje, tudo fica mais difícil.”

No início da produção, Pattinson quebrou o pulso durante uma acrobacia. Então, em março de 2020, o mundo fechou devido à pandemia do COVID-19, com apenas cerca de 25% do filme filmado. A produção foi retomada cerca de seis meses depois – e Pattinson teria testado positivo para COVID em setembro de 2020. (O representante de Pattinson não retornou um pedido de comentário na época.) Seguiu-se uma paralisação da produção.

“Esta foi a experiência mais louca de toda a minha vida, com a maior pressão”, disse ele. “Mas, estou tão orgulhoso do filme. Seria muito divertido fazer isso de novo com Zoë.”

Esta seria Zoë Kravitz como Selina Kyle, uma mulher problemática com um passado traumático que está evoluindo para a icônica Mulher-Gato. Kravitz chegou à estreia com seu padrasto, Jason Momoa, de Aquaman, e sua irmã de 14 anos, Lola, e seu irmão de 13 anos, Nakoa-Wolf. Kravitz não falou com publicações impressas, mas Momoa andou pelo tapete vermelho e atuou como seu líder de torcida. “Estou tão orgulhoso dela. A família está aqui esta noite para apoiá-la”, disse ele. “Estamos muito empolgados e ela está muito empolgada. Eu sei que ela adorou interpretar a Mulher-Gato.”

Quando perguntado se ele havia dado a Kravitz alguma palavra de sabedoria para ingressar no mundo da DC Comics, Momoa respondeu: “Ela não precisa de nenhum conselho meu. Ela é uma profissional. Ela é tão trabalhadora, presente, respeitosa e sempre preparada. O melhor conselho é se divertir, e ela também sabe disso.”

The Batman também é estrelado por Paul Dano como o Charada psicótico, Colin Farrell como Oswald Cobblepot e Andy Serkis como Alfred. O diretor Reeves estava ausente da estreia de terça-feira à noite – ele pegou COVID enquanto visitava Paris e Londres para a turnê de imprensa do filme – mas da quarentena, ele participou de um vídeo ao vivo e apresentou o filme ao público. “A boa notícia é que estou saudável, estou bem, mas não estou com vocês, e é um grande desgosto para mim, porque este filme significa muito para mim”, disse Reeves à multidão. “Foi uma jornada de cinco anos para mim, e estou muito empolgado por estarmos compartilhando com vocês esta noite. Foi uma viagem bastante inesperada.”

Fonte | Tradução: Bruna Rafaela – RPBR

Diz pra gente o que você achou!

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.