Confira a baixo um relato pela Hollywoodlife contando mais detalhes sobre seu ”encontro”  com o ator Robert Pattinson, no dia em que compareceu ao Globo de Ouro.

Eu sempre me orgulhei da minha habilidade de ficar calma e controlada em relação a fama. Se seu trabalho é entrevistar celebridades, você não pode se dar ao luxo de ficar impressionada com as estrelas e arriscar parecer não profissional. Mas às vezes, quando eu estou apenas observando celebridades como um espectador normal, minha adolescente interior aflora. E isso foi exatamente o que aconteceu quando Robert Pattinson e seu cabelo vermelho fogo passou por mim no Globo de Ouro.

Foi assim que aconteceu: Eu esbarrei com Christian Bale, o qual eu parabenizei por sua grande vitória, e me dirigi à entrada da festa da HBO. Eu olha em volta e vejo Peter Facinelli passar com uma mão no bolso, e eu instantaneamente agarrei Russ Weakland para apontá-lo. Leia mais…

9 comentários

  • cristina

    Sofro de Mal de Pattinson faz algum tempo.Não tem cura!
    Convivam com a doença. Eu particularmente não ia gritar.MORRIA!!!!

  • Lay

    kkkkk’ bem vinda ao clube, honey! mal de Pattinson é irreversível e incontrolável! quem não perde o controle diante de tal beleza?! eu, sempre perco, ainda mais ao vivo. #meusonho

  • Gi-Pattz

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk’ Esse é o efeito!!!!! Impossível se controlar perto desse Deus Britânico!! DLÇ (y’) amo tantooooooo! *-*
    Eu tenho Mal de Pattinson! Com orgulho hehe!

  • Sandra

    kkkk, entendo perfeitamente o descontrole da jornalista!!!
    É o Mal de Pattinson!!!
    Os mais desavisados deveriam ser informados que ele causa dependência grave, profunda!!!

Diz pra gente o que você achou!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.