Produção de The Batman: Inglaterra declara segundo bloqueio nacional!

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou um segundo bloqueio nacional na Inglaterra a partir de 5 de novembro, quando a segunda onda de casos de coronavírus disparou em todo o país. Apesar do noticiado, as produções irão continuar! Ou seja, as gravações de The Batman terão continuidade.

Todos os bares, restaurantes e lojas de varejo não essenciais fecharão até 2 de dezembro, após a data algumas áreas podem entrar em restrições de nível inferior, dependendo da gravidade dos casos. Locais de lazer e entretenimento também fecharão, disse Johnson.

A produção de cinema e TV, no entanto, poderá continuar sob estritas diretrizes de segurança do COVID, disse à Variety a associação comercial de produtores Pact. Além disso, o secretário de Cultura Oliver Dowden esclareceu após o anúncio que a produção de filmes e TV pode, de fato, continuar. “As mudanças significam que as pessoas devem trabalhar em casa sempre que possível. Mas quando isso não for possível, a viagem para um local de trabalho será permitida – por exemplo, isso inclui esportes de elite praticados a portas fechadas, produção de filmes e tv, trabalhadores de telecomunicações ”.

Escolas, universidades, tribunais, construções e o parlamento também permanecerão abertos. O período de licença que deveria terminar em 31 de outubro foi estendido até dezembro (a data ainda não foi especificada).

“Temos que ser humildes diante da natureza”, disse Johnson, em uma entrevista coletiva na noite de sábado. “O Natal vai ser diferente este ano, talvez muito diferente, mas é minha sincera esperança e crença, que ao tomar medidas difíceis agora possamos permitir que famílias de todo o país fiquem juntas.

“À medida que nos reunimos agora para lutar contra a segunda onda, quero dizer algo sobre o caminho a seguir, porque as pessoas vão perguntar constantemente: ‘Quando isso vai acabar?’ E, como eu disse antes, estou otimista de que isso vai estar muito diferente e melhor na primavera ”, acrescentou Johnson.

O primeiro-ministro apresentará as novas medidas à Câmara dos Comuns na segunda-feira, e elas serão colocadas em votação na quarta-feira.

O Reino Unido registrou 21.915 novos casos e 326 mortes nas últimas 24 horas. Destes, 18.864 estão na Inglaterra, 1.101 na Escócia, 1.301 no País de Gales e 649 na Irlanda do Norte. Existem agora mais de 1 milhão de casos registrados no total, e as mortes ultrapassaram 46.000.

País de Gales, Irlanda do Norte, partes da Escócia e a maior parte do centro da Inglaterra já estavam em bloqueio parcial. O País de Gales sairá do bloqueio em 9 de novembro e a Irlanda do Norte em 13 de novembro, conforme programado, confirmaram seus governos locais.

O ‘R’ ou a taxa de reprodução do vírus, que o governo tem procurado manter abaixo de 1, está bem acima disso agora, revelaram o médico-chefe da Inglaterra, Professor Chris Whitty, e o conselheiro científico-chefe do governo, Patrick Vallance, durante a coletiva de imprensa.

Um estudo do Imperial College London afirma que quase 100.000 pessoas estão sendo infectadas com COVID-19 todos os dias na Inglaterra.

Em 21 de setembro, o Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências (SAGE), nomeado pelo governo, havia recomendado um “bloqueio de quebra de circuito” nacional para impedir a disseminação do coronavírus. O governo, entretanto, optou por não seguir a recomendação na época, impondo restrições locais.

Respondendo a uma pergunta sobre essa decisão, Johnson disse: “Esta é uma luta constante e um equilíbrio que qualquer governo deve fazer entre vidas e meios de subsistência. E, obviamente, as vidas devem vir primeiro, mas temos que estar atentos o tempo todo às cicatrizes, ao impacto econômico de longo prazo das medidas que somos obrigados a introduzir. Portanto, acho que era certo e racional optar pela abordagem regional. ”

Fonte | Tradução: Maya Fortino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo