David Cronenberg fala sobre ‘Maps to The Stars’ e trabalhar de novo com Robert

Que a parceria entre o diretor David Cronenberg e Robert Pattinson deu certo, não é segredo pra ninguém. Com o segundo filme onde trabalham juntos, é também a segunda vez que eles levam seu projeto ao Festival de Cannes. Em entrevista, David fez questão de reafirmar seu compromisso com Robert.

“Maps to The Stars” mira no excesso de Hollywood, com um elenco que inclui uma loira-de-farmácia, Julianne Moore, interpretando uma atriz histérica e Mia Wasikowska interpretando a jovem misteriosa, cheio de cicatrizes, que aparece de repente em sua vida.

Embora marque a primeira vez que Cronenberg, conhecido por “A History of Violence” e “Eastern Promises”, fez um filme sobre Hollywood, ele disse que vem tentando fazer o filme – baseado em um roteiro pelo romancista Bruce Wagner – há uma década.

“Nunca fui realmente obcecado em fazer um filme sobre os bastidores de um filme ou qualquer coisa assim, mas de certa forma seu roteiro não era isso. Trata-se de ambição, medo e desespero e um monte de outras coisas dentro do contexto dos bastidores”, disse ele.

O filme reúne com Cronenberg com a estrela de “Cosmopolis”, Robert Pattinson, que o diretor chamou de “um ator fantástico”.

“Quando fizemos ‘Cosmopolis’, ele realmente não queria fazê-lo porque seu personagem estava em cada cena. Ele realmente queria estar em uma peça do conjunto, onde ele fazia parte de um grande elenco de atores”, disse Cronenberg. “Eu disse, ‘Nós conversamos sobre isso e aqui está. Aqui está um papel perfeito para você'”.

Fonte | Tradução: Milla Correa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo