Em entrevista exclusiva para o ET, o diretor de TENET, Chistopher Nolan e John D Washingon, Protagonista do filme, comentaram sobre a estreia arriscada do filme nos cinemas em meio a uma pandemia, as teorias dos fãs sobre o filme, e ainda, quando questionado sobre uma possível sequência, Nolan dá uma resposta otimista! Confira a tradução completa da entrevista:

Christopher Nolan reflete sobre o lançamento de ‘Tenet’, e reage ao acordo Warner Bros./HBO Max (exclusivo)

Ninguém defende lançamentos nos cinemas como Christopher Nolan. Há tempos o diretor-roteirista é um defensor vocal de ver seus filmes na maior tela possível e vai tomar todas as medidas para que isso aconteça. Seu último filme, Tenet, foi um dos únicos filmes lançados nos cinemas neste verão em meio à pandemia de coronavírus, um lançamento complicado que envolveu vários atrasos, números de bilheteria muito deliberados e mais perguntas sobre o futuro da indústria do cinema do que respostas.

Na época, Nolan disse ao ET: “Esperamos que as pessoas tenham paciência com o lançamento do filme e esperem que chegue a sua área.” No dia 15 de dezembro, Tenet estará disponível para ser visto em casa, para aqueles que não puderam ou não quiseram se aventurar nos cinemas este ano. Antes desse lançamento, Nolan e a estrela John David Washington fizeram um zoom com o ET para refletir sobre sua primeira exibição nos cinemas.

Considerando a postura “otimista” de Nolan – para usar suas próprias palavras – em relação aos lançamentos nos cinemas, gostaríamos de saber sua opinião sobre o plano sem precedentes da Warner Bros, de lançar todos os seus filmes de 2021 (incluindo Dune, Matrix 4 e mais) nos cinemas e na HBO Max no mesmo dia. O diretor, como esperado, não mede palavras. (O estúdio também está por trás do lançamento de Tenet).

Washington compartilhou sua teoria favorita dos fãs sobre o filme, enquanto Nolan discutia a possibilidade de uma sequência de Tenet. A última metade da conversa contém spoilers que não farão nenhum sentido a menos que você tenha visto o filme, mas se você não viu, saia quando chegar à foto de Washington e Robert Pattinson.

ET: O lançamento de Tenet nos cinemas foi obviamente desafiador e nada que pudesse ser planejado, por causa de fatores que estão fora do nosso controle. O que você aprendeu com essa experiência ou o que você acha de tudo agora com o benefício de uma retrospectiva?

Christopher Nolan: Nossa, grande pergunta. Quer dizer, olhando para trás, foi ótimo ver como o público em lugares onde o vírus foi gerenciado de maneira cuidadosa e eficiente, onde eles poderiam voltar com segurança aos cinemas, as pessoas voltaram em grande número. Foi uma coisa maravilhosa de se ver para o futuro do nosso negócio. Obviamente, não poder viajar o mundo com todos os envolvidos com o filme e ter as estreias e vivenciá-las com o público, você sabe, do Japão ou da Austrália ou qualquer outro lugar que fosse, foi frustrante. E então não conseguir lançar o filme nos Estados Unidos foi outra frustração. Mas no final do dia, 2020 foi um ano de tremendas adversidades para todos no planeta, então nos sentimos muito sortudos – eu me sinto muito sortudo – por estar trabalhando e por estarmos engajados em uma busca criativa. Acho que foi realmente uma sorte para mim.

John David Washington: Eu concordo com isso. Foi emocionante saber que onde era seguro – onde eles controlaram [o vírus] – as pessoas puderam vê-lo e a resposta tem sido ótima. O feedback online tem sido muito positivo e isso faz você se sentir bem, porque você acredita em algo, espera que as pessoas vejam, e com o que estamos vivendo agora o fato de que ainda vão ver em certos lugares faz você se sentir bem com isso.

ET: Agora estamos vendo um filme grande como Mulher Maravilha 1984 estrear simultaneamente nos cinemas e na HBO Max, e a Warner Bros. anunciou que fará o mesmo em toda a sua trajetória cinematográfica até 2021. Chris, qual foi sua reação a essa decisão?

Nolan: Oh, quero dizer, descrença. Especialmente a maneira como o fizeram. Há muita controvérsia em torno disso, porque eles não contaram a ninguém. Em 2021, eles têm alguns dos maiores cineastas do mundo, eles têm algumas das maiores estrelas do mundo que em alguns casos trabalharam por anos nesses projetos com muito amor, e que eram pra ser grandes experiências na tela. Eles devem estar disponíveis para o maior público possível … E agora eles estão sendo usados como um atrativo para o serviço de streaming – para o serviço de streaming que é principiante – sem qualquer consulta. Portanto, há muita controvérsia. É muito, muito, muito, muito bagunçado. Uma publicidade enganosa. Não é assim que você trata os cineastas e estrelas e pessoas que deram tanto por esses projetos. Eles mereciam ser consultados e falados sobre o que aconteceria com seu trabalho.

ET: As pessoas começaram a questionar as consequências de longo prazo que essa estratégia de lançamento poderia ter na indústria. Onde está sua cabeça com isso agora?

Nolan: A longo prazo, acho que todos os estúdios sabem que a experiência do cinema vai se recuperar e será uma parte muito importante do ecossistema. O que você tem agora em nosso negócio é muito uso da pandemia como uma desculpa para uma espécie de luta por vantagens a curto prazo. E é realmente lamentável. Não é a maneira de fazer negócios e não é o melhor para a saúde do nosso setor. Mas quando os cinemas voltarem e as pessoas retornarem ao cinema, quando a vacina for lançada e houver uma resposta de saúde apropriada do governo federal, estou muito otimista com as perspectivas de longo prazo da indústria. As pessoas adoram ir ao cinema e vão voltar a fazer isso.

Aviso: o conteúdo a seguir contém uma discussão sobre spoilers do filme.

ET: Em breve, todos os que quiserem poderão ver Tenet – alguns pela primeira vez, outros em exibição repetida. Este é um filme que realmente exige visualizações repetidas para assimilar tudo. Você tem uma mensagem para os espectadores, um conselho para assistir novamente ou algo em que eles deveriam se concentrar dessa vez?

Washington: Não sei se tenho algum conselho, mas acho que é uma grande oportunidade para realmente entender mais profundamente os movimentos em muitas das sequências de ação, luta, socos invertidos, bloqueios e todos esses tipos de coisas. Assistir confortável em sua própria casa, tendo a capacidade de voltar ou pausar a cena se você quiser, como um zagueiro na manhã de segunda-feira e aproveitar a sequência de luta, a oportunidade de fazer isso é muito legal.

Nolan: Sim, acho que uma das coisas mais divertidas sobre revisitar um filme como este é ver o trabalho que vocês – os atores – fizeram. Com você, foi bastante físico. Com Rob, há muitas camadas no que ele está fazendo que, se você assistir novamente, verá uma performance muito diferente na segunda vez, o que é muito divertido. Eu adoro trabalhar em filmes onde se você estiver interessado em assisti-los novamente, há algo mais a ser encontrado lá.

ET: Uma das teorias de fãs mais discutidas que vi é que o personagem de Rob, Neil, pode na verdade ser a versão adulta do filho de Kat, Max. O que você pensou quando começou a ver essa teoria?

Nolan: Bem, quero dizer, você sabe– [risos] Como a família real na Inglaterra, eu não respondo a rumores e [teorias] infundadas. É muito divertido ver as pessoas interpretarem o trabalho e você tentar deixar algumas coisas em aberto lá. E, obviamente, temos nossa versão do que está acontecendo e tudo mais, mas você meio que quer deixar o trabalho falar por si e ver o que as pessoas descobrem.

ET: John David, você tem uma teoria ou reação favorita que você viu?

Washington: Acho que vi um em que Kat e Neil eram filhos de Leo. Tipo, o personagem de Leonardo DiCaprio em A Origem, esses são os filhos dele. Eu achei isso muito divertido. Eu gostei desse.

Nolan: [risos]

ET: No final, Neil diz ao Protagonista que ele está apenas na metade de sua história. É concebível que haja mais para explorar neste mundo. Quer contar mais alguma coisa? Ou este capítulo de Tenet está encerrado para você?

Nolan: A única resposta honesta para isso é que todos os filmes que eu fiz, tento colocar tudo que posso em um único filme, mas gosto de criar um mundo que vive na mente do público, vive na minha mente. Às vezes você é atraído a revisitar isso, às vezes não. Muito disso tem a ver com a resposta do público. Cabe ao público nos dizer o que eles pensam e no que estão interessados. Quero dizer, certamente as possibilidades existem.

Tenet estará nos cinemas e disponível para compra em 4K Ultra HD, Blu-ray e digital em 15 de dezembro.

Fonte: ET | Tradução: Maya Fortino

Diz pra gente o que você achou!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.