O Robert Pattinson Brasil é um site sem fins lucrativos criado em 2008 de fãs para fãs, e que reúne diversos conteúdos sobre o ator e sua carreira. Todo conteúdo aqui disponibilizado foi desenvolvido pela nossa equipe, portanto, ao fazer uso de algum de nossos materiais, por favor, credite. Viu alguma coisa sua por aqui e quer seus créditos? Entre em contato com a gente! Desde já, obrigado pela sua visita, aproveite nosso conteúdo e volte sempre!



Categoria: Filmes

Foram disponibilizados no Youtube todos os vídeos em HD dos extras da versão blu-ray de The Batman. Adicionamos screencaps de todos os vídeos na galeria, confira:

Cenas deletadas:


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – CENAS DELETADAS

Bastidores:


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – VENGEANCE IN THE MAKING


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – UNPACKING THE ICONS


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – THE BATMOBILE


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – THE BATMOBILE


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – LOOKING FOR VENGEANCE


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – BECOMING CATWOMAN


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – ANATOMY OF THE WING SUIT JUMP


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – ANATOMY OF A CAR CHASE


x FILMES > THE BATMAN > SCREENCAPS > DVD – A TRANSFORMATION THE PENGUIN

A notícia que a gente esperava! Finalmente temos a informação de que o DVD de ‘The Batman’ será lançado oficialmente no Brasil! O filme, que foi recorde de visualizações nos serviços de streaming, teve seu lançamento em mídia física no exterior no mês passado, e agora, a loja FAMDVD está trazendo 3 edições que serão lançadas em 14 de julho.
Você já pode realizar a pré-venda pelo site FAMDVD das edições: Blu-ray – Steelbook Duplo, Blu-ray – Duplo e DVD Simples.
E as novidades não param por aí, fique ligado em nosso Twitter, pois em breve rolará promoção valendo uma edição na faixa!

No ano passado, alguns sites internacionais de bastante credibilidade, postaram que aclamado diretor, (vencedor do Oscar em várias categorias por “Parasita”), Bong Joon-ho estaria envolvido em um nome filme, que seria uma adaptação do próximo romance de Edward Ashton, “Mickey 7. Recentemente, Variety além de confirmar essa informação, disse que também que o longa seria estrelado por Robert Pattinson. O que se tem falado por aí, é que a produção de “Mickey 7” está programada para começar no Reino Unido, e os meses de agosto à dezembro estão reservados para as filmagens. São cinco meses para Bong preparar seu filme para o “Festival de Cannes de 2023”.

Sinopse oficial do romance: “A história segue Mickey7, um funcionário dispensável e descartável em uma expedição humana enviada para colonizar o mundo do gelo “Niflheim”. Sempre que há uma missão que é muito perigosa — até mesmo suicida — a tripulação se volta para Mickey. Depois que uma iteração morre, um novo corpo é regenerado com a maioria de suas memórias intactas. Depois de seis mortes, Mickey7 entende os termos de seu acordo… e por que era a única posição colonial não preenchida quando ele aceitou.

Depois de seu “Parasita”, o vencedor de Cannes e Oscar, Bong está voltando aos longas-metragens em inglês pela primeira vez desde, “Okja” de 2017. Esta seria a terceira colaboração de Bong e Swinton juntos depois de “Snowpiercer” e “Okja”.

Enquanto isso, Pattinson continua a acumular os diretores extraordinários de categoria “A” em sua filmografia, tendo já trabalhado com Cronenberg, Herzog, Gray, Safdie Brothers, Denis, Eggers e Nolan.

Fonte | Tradução: Ana Paula Oliveira

Durante a tarde desta terça, 26 de abril de 2022, a Warner Bros. anunciou em seu painel na Cinema Con que a sequência de ‘The Batman 2’ está em desenvolvimento e trará de volta o diretor e atores do longa, incluindo Robert Pattinson.

“The Batman” está ganhando uma sequência, com Robert Pattinson pronto para retornar como o defensor mais feroz de Gotham.

A Warner Bros. revelou seus planos para outra história do Cruzado encapuzado durante sua apresentação na noite de terça-feira na CinemaCon, a feira anual para donos de cinemas. O diretor de “The Batman”, Matt Reeves, estava presente para anunciar a notícia de que escreverá e dirigirá a continuação, mas não forneceu detalhes sobre o que o filme implicará.

“The Batman”, uma aventura de super-herói de três horas, estreou nas telonas em março, começando com US$134 milhões no mercado interno. Essas vendas de ingressos ainda são o maior fim de semana de estreia de 2022, bem como apenas o segundo filme da era da pandemia a ultrapassar a marca de US$100 milhões em um único fim de semana após “Homem-Aranha: No Way Home”. Com US$759 milhões até hoje nas bilheterias globais, “The Batman” é atualmente o filme de maior bilheteria do ano.

Notavelmente, “The Batman” marcou um retorno aos lançamentos teatrais exclusivos da Warner Bros. depois que o estúdio lançou toda a sua lista de 2021 simultaneamente na HBO Max. No futuro, a Warner Bros planeja manter seus novos filmes nos cinemas por 45 dias antes de colocar seus novos títulos no HBO Max. Seus próximos títulos incluem “Elvis” (24 de junho), “DC League of Super-Pets” (29 de julho), “Creed III” (23 de novembro) e “Shazam! Fúria dos Deuses” (16 de dezembro).

“The Batman” deu uma visão sombria (embora PG-13) nos primeiros dias de Bruce Wayne como “o maior detetive do mundo”. Em sua busca por justiça, o jovem Cavaleiro das Trevas descobre a corrupção em Gotham City enquanto persegue o assassino maníaco conhecido como Charada (Paul Dano). O elenco repleto de estrelas incluía Zoë Kravitz como Mulher-Gato, Andy Serkis como o mordomo de Batman, Alfred Pennyworth, Colin Farrell como o senhor do crime conhecido como Pinguim e Jeffrey Wright como o chefe de polícia de Gotham City, James Gordon. Além das vendas de ingressos de grande sucesso, o filme foi amplamente aceito pela crítica (detém 85% no Rotten Tomatoes), bem como pelo público (conseguiu um “A-” CinemaScore).

Na crítica da Variety de “The Batman”, o principal crítico de cinema Peter Debruge destacou Reeves por fazer “algo relativamente único aqui, pelo menos pelos padrões dos filmes de quadrinhos”.

“Esse filme noir fundamentado, frequentemente brutal e com quase três horas de duração está entre os melhores do gênero, mesmo que – ou mais apropriadamente, porque – o que torna o filme tão grande é sua vontade de desmantelar e interrogar o próprio conceito de super-heróis”, escreveu Debruge.

Junto com a continuação de Bruce Wayne, a Warner Bros. tem várias propriedades da DC em andamento, incluindo a animação “DC League of Super-Pets” (que chega aos cinemas em 29 de julho) e “Shazam! Fúria dos Deuses” (que lança em 22 de dezembro). No próximo ano, Jason Momoa está retornando para “Aquaman and the Lost Kingdom” (marcado para 17 de março) e Ezra Miller está estrelando “The Flash” (23 de junho).

FonteTradução: RPBR

O diretor de ‘The Batman’, Matt Reeves bateu um papo com Elvis Mitchell, do podcast The Treatment, do site KCRW, onde falou sobre o filme e mencionou o método de atuação de Robert Pattinson. Confira o trecho a seguir:

KCRW: Estamos falando de Robert Pattinson para quem perdeu a notícia. Muitas vezes, ele interpreta caras que não sabem o que fazer com seus corpos. Não sei como ele é na vida real, mas é uma coisa interessante quando você o vê, sem saber muito bem como ficar nos filmes ou onde ficar ao lado das pessoas. Ele tem essa maneira de atuar de forma realmente efetiva, com um embaraçamento físico e uma incapacidade de se conectar com as pessoas, que deve ter sido um dom ter isso para usar.

Reeves: Não é apenas uma faceta, obviamente, de quem ele é, porque obviamente isso é parte dele, mas é algo que ele está no controle também. Uma das coisas que achei tão fascinante em trabalhar com ele é que ele trabalha de uma maneira que parece quase um ator metódico. E, no entanto, você pode ver que ele tem grande acesso às suas emoções e se coloca em um estado. Mas ele também tem um controle incrível de seu instrumento, da maneira como ele se move. É tudo muito técnico e muito intencional. Então eu poderia dizer a ele, eu preciso que isso seja mais quente, e ele poderia acessar isso com muita facilidade. [E eu poderia dizer] mas eu também, por causa desse capuz e da forma como a luz está atingindo seu olho, preciso que você se incline um pouco mais para a esquerda, porque senão não verei seu olho. E ele poderia fazer as duas coisas ao mesmo tempo.

Ele tinha uma tremenda capacidade de acessar suas emoções, mas também de controlar seus movimentos, então todas essas coisas vêm de um lugar muito interno. Mas ele tem uma tremenda facilidade consigo mesmo, fisicamente. Ele é muito capaz de acessar todas essas coisas, mas também estranhamente ao mesmo tempo, enquanto ele pode estar fora de controle, ele também pode estar incrivelmente no controle em termos de como calibrar sua voz, a maneira como ele está inclinado, onde ele está de pé. E então todas essas escolhas que eu acho que ele está fazendo estão em algum nível, muito conscientes também, embora eu saiba que algumas delas têm que ser inconscientes porque estão vindo de um lugar muito instintivo.

Fonte | Tradução: Bruna – RPBR

Legendamos uma entrevista divertida onde Robert Pattinson e sua co-star, Zoë Kravitz falam sobre a rotina de filmagens de ‘The Batman’ e como era entediante apenas ir para casa no final do dia, por conta da pandemia do COVID-19. Confira:

A Forbes anunciou que o filme ‘The Batman’ ultrapassou a marca de $500 milhões de dólares em sua bilheteria mundial, sendo a metade apenas nos Estados Unidos, que tem a previsão de atingir $300 milhões de dólares em bilheterias domésticas neste final de semana. Confira:

Com outros US$5,75 milhões na quarta-feira, uma queda razoável de 19% em relação aos US$7,1 milhões de terça-feira, o filme de Matt Reeves e Peter Craig arrecadou US$258,2 milhões na América do Norte. Esse total de doze dias o coloca acima dos US$251,2 milhões (não ajustados pela inflação) brutos domésticos dos Batmans de Tim Burton e Sam Hamm. Presumindo uma divisão doméstica/externa contínua de 51/49, The Batman deve ter mais de US$502 milhões em todo o mundo. Isso o coloca logo acima de Venom: Let There Be Carnage ($501 milhões sem um centavo da China) e atrás apenas de F9 ($721 milhões), No Time to Die ($774 milhões) e Spider-Man: No Way Home(US$1,87 bilhão) entre os filmes de Hollywood da era da pandemia.

Aqui está uma estatística assustadoramente engraçada: The Batman é agora o filme de maior bilheteria já feito, na América do Norte e no mundo, sobre um serial killer. Sim, o Charada de Paul Dano é essencialmente o John Doe de Se7en fazendo cosplay como uma mistura de Jigsaw e o assassino do Zodíaco (com uma pitada de Hush dos quadrinhos do Batman de 2000), e o thriller de Robert Pattinson e Zoe Kravitz superou ambos Se7en ($327 milhões em todo o mundo em 1995) e Hannibal ($350 milhões global em 2001). Se você quiser contar a inflação, ela passará de Hannibal (US$165 milhões em 2001/US$266 milhões ajustados) até amanhã e Silêncio dos Inocentes (US$131 milhões em 1991/US$284 milhões ajustados) no fim de semana.

O presidente da Warner, Toby Emmerich, falou ao Deadline sobre ‘The Batman’ ter ultrapassado os $500M em bilheteria global:

“Não poderíamos estar mais emocionados ao ver pessoas de todo mundo curtindo The Batman nos cinemas. Matt Reeves apresentou um filme extraordinário que consegue honrar. O legado desse herói cultural global, ao mesmo tempo em que leva os espectadores a uma experiência nova e original. Parabenizamos Matt, Dylan, Walter, Chantal, Robert e Zoe, e todo o elenco e equipe por este maravilhoso marco”

O filme estreia hoje na China.

Fonte | Tradução: Bruna Rafaela – RPBR