O programa Show Biz, da CNN, comentou sobre a nova e desafiante fase da carreira de Robert Pattinson. Ele parece bem mais maduro nas entrevistas mais recentes, tem escolhido papeis desafiadores e ainda tem que lidar com uma mídia que poem seu trabalho a prova à todo tempo. Acompanhe abaixo o vídeo e transcrição do programa.

Reporter Juan Carlos: O Hollywood Reporter informa que Robert Pattinson será um dos protagonistas de um filme que contará um capítulo definitivo da intervenção militar dos Estados Unidos no Iraque. Mas também, outro filme dos mais recentes de Pattinson, Cosmopolis, do diretor David Cronenberg, estará competindo no Festival de Cannes na França, que em breve comecará. Mas voltando ao primeiro projeto que eu mencionei, minha companheira tem mais imformações.

Reporter Maria: Esse é um projeto de nome Misson: Blacklist levaria o protagonista da Saga Crepúsculo a oportunidade de se libertar de sua imagem de vampiro romântico para interpretar o papel de um dos responsávies pela prisão do ex-presidente do Iraque Saddam Hussein. Está conosco Lizza Rivera, ao vivo da cidade de Telesol. Seja bem-vinda Lizza! Obrigada por estar conosco.

Reporter Maria: Bom, ainda que o possível último filme da Saga Crepúsculo não tenha chegado nos cinemas e Pattinson estar asegurando seu futuro com projetos nos cinemas, como neste caso, e sobretudo com um projeto tão forte como foi Crepúsculo, como você vê agora a esse anúncio com esse novo projeto?

Lizza: Bom, como vocês mencionaram anteriormente, esse é um filme de um triller de caráter piscológico muito forte. O personagem, segundo as notas que tenho, o que eu pude reunir, com referência a isso, é que um filme bem forte baseada no relato de um dos soldados que esteve participando da captura de um dos homens … um político, um ditador, a mais sanguinário que já teve na história moderna e da humanidade. Robert há muito tempo está buscando outros papéis que o tirem um pouco com o que estava fazendo com a franquia Crepúsculo. O vimos anteriormente no filme Água para Elefantes com Reese Witherspoon, que tem um pouco de erro no título, mas pode-se corrigir, mas creio que esse era onde ele interpretava o rapaz com interesse amoroso com a personagem de Reese e onde o filme, tinha um conteúdo que era um drama amoroso, mas o que diz respeito a cenografia, figurino deixe-nos saber que era um filme ambicioso e ele fez um bom trabalho nele. Então, quando teve que voltar para a franquia de Crepúsculo, ele começou a comentar com a imprensa que ele queria seguir uma linha que gostaria de ser como ator, sendo reconhecido por outros tipos de papéis, de modo que ele poderia ser levado mais a sério e ter um futuro bem mais amplo em sua carreira. Esse filme, como falaram anteriormente Maria e Juan Carlos, o título disse tudo Misson: Blacklist será um roteiro bem forte, dirigido por Eric Jendresen que apresentará, não somente temas políticos, como também, um diálogo muito, muito cru, onde vamos ver como esse jovem ator o levará para as telonas. Creio que é um grande desafio para ele, tem que estar bem atento.

Reporter Juan Carlos: Bom exatamente, estaremos atentos e Lizza esse filme de David Cronenberg em Cannes está competindo pela Palma de Ouro e isso é impotantíssimo que vai mostrar outro Robert Pattinson e que não aconteça o que Daniel Radcliffe está passando, que está por demonstrar que pode ser muito mais que Harry Potter e eu creio que sim que ele tem talento para fazê-lo. Muito obrigada a Lizza Rivera!

Fonte | Transcrição: Déia Almeida