Já havíamos publicado aqui os scans da revista japonesa Cultura Teatro “T” – Primavera 2010, mas agora nossa equipe a traduziu. Confiram!
Clique na figura para rever os scans

“Robert é um ‘hot star’ entre os adolescentes, e provavelmente deverá escolher as cenas que seus fãs estariam esperando.” Rob “Eu escolhi uma cena onde as pessoas me vêem como um ser humano. Eu não quero ser estigmatizado e queria ser reconhecido como um indivíduo. Não se trata de imagem pública, mas sobre eu continuar minha carreira. Eu achei que era importante dar um desempenho que iria deixar uma impressão diferente do que viram até este ponto.” O sucesso repentino dos atores populares, como Robert Pattinson (e Zac Efron, Sam Worthington, James McAvoy) ameaçam destronar outras estrelas sexy como Johnny Depp e Brad Pitt. Isso é porque eles fizeram planos inteligentes para concentrar suas carreiras ao longo do mesmo caminho que os seus antecessores já viajaram. Eles querem se tornar algo mais do que um fogo-de-palha “símbolo sexual”, mas a popularidade desses atores não vai acabar logo. Olhando para as coisas desta maneira, os atores “sexy” têm um futuro de muitas possibilidades à frente deles, contanto que eles mantenham a flexibilidade. Sem aderir a uma única imagem, têm que mergulhar em projetos novos e, juntamente com os criadores dessas obras, vão descobrindo novas faces de si mesmos. Parece simples na superfície, mas se eles não têm uma boa noção de quem eles são, não há nenhum crédito em tudo para eles. Os atores que se desafiam sem limites incorporaram continuamente imagens diferentes, o que irá manter o seu público animado e interessado. Os atores que podem fazer as pessoas pensar, “Eu quero ver cada vez mais seus filmes!” São aqueles que se tornam “símbolos sexuais” permanentes .

Tradução: Bárbara Miranda