Confiram a seguir a tradução da revista Closer Magazine da França. Nessa pequena entrevista, Robert Pattinson fala sobre seu isolamento, de sua paixão por Bear e de seu sucesso repentino.

Closer: Você entende a incrível paixão que as pessoas tem por você?
Pattinson: Não, se você puder entender e me explicar o sucesso de alguém, acho que seria uma celebridade de Hollywood. Graças a Deus, existe uma conta grande de aleatoriedade, sorte, mas também mistério. Isso torna meu trabalho mais interessante. Quando você pensa que meu sucesso está baseado no fato de que (no começo) eu não contei a verdade, é incrível. Quando vim a Hollywood, eu fingia ser americano para fazer alguns testes. Eu inventei muitas vidas. Um dia eu estava como alguém americano, e praticamente na estrada e no outro eu era um estudante europeu de Oxford. Se eu não tivesse mentido para as pessoas, poderia nunca ter tido sucesso em Hollywood.

Leia a entrevista na íntegra aqui.