A revista italiana On publicou em sua edição de Agosto 2010 uma matéria sobre Robert Pattinson trazendo um pequeno resumo sobre a sua carreira. Segue abaixo os scans da revista e a tradução da referida matéria traduzida por nossa equipe.

Robert Pattinson mágico ou vampiro?

Bonito, famoso, rico e jovem, Robert Pattinson é o garoto dos filmes nesses últimos 5 anos, nos palcos desde os 15 anos no Barnes Theatre Company (Londres) onde nasceu em 1986, sonhando em ser o próximo Jack Nicholson, seu ídolo. Em 2004 pareceu ter um pouco de sucesso ganhando um papel em Vanity Fair (mas suas cenas foram cortadas na versão final do filme). Um dia depois, outra grande ocasião:Mike Newell o escolheu para Harry Potter com o papel de Cedrico Diggory, um dos melhores mágicos da escola de magia. Ele se tornou um ídolo para as jovens garotas e o Times Online o considerou “uma estrela do futuro” com o cabelo de Jude Law. Nos próximos 2 anos ele estava no elenco de Haunting Airman na BBC e em The Bad Mother’s Handbook (diretor Robin Shepper) no ITV. Em 2008 ele ganhou um prêmio de melhor ator em How to Be de Oliver Irving no Strasbourg International Movie Festival. Mas a fama veio com o papel de Edward Cullen no Crepúsculo de Catherine Hardwicke dos livros de Stephenie Meyer, e ele se tornou o vampiro mundialmente famoso que se apaixona por uma jovem humana. Ele interpretou o mesmo papel nas duas sequências (Lua Nova e Eclipse) e ele irá interpretar Edward no último, Amanhecer. Entre as séries de Crepúsculo, ele achou tempo para ser um jovem rebelde em Remember Me de Alan Coulter (2010), e vai estar no elenco de Unbound Captives de Madeline Stowe (pela primeira vez como diretor), ele terminou Bel Ami do livro de Guy De Maupassant em maio desse ano (dirigido por Donnellan e Ormerod) e agora está (o artigo original foi publicado em julho) no set de Água para Elefantes de Francis Lawrence.

Tradução: Desirée