O site e revista do “The Guardian” realizaram uma entrevista muito interessante com Robert Pattinson. Nela, entre várias outras descobertas, podemos notar que Rob está visivelmente abalado com todas as coisas que andam acontecendo em sua vida quando afirma com todas as letras que “realmente não sabe como aceitar o que ele é“.  A seguir, confira os scans e toda a entrevista traduzida pela nossa equipe.


005 x Scans > Internacionais > 2012 > Junho 2012 – The Guardian (UK)

Ele foi de Edward Cullen, de Crepúsculo, a estrela do último filme de Cronenberg. Mas isto não significa que ele está feliz.

“Eu realmente não sei como aceitar o que sou,” disse Robert Pattinson enquanto tomava alguns goles em um enorme copo de Coca. ““Nada me importa além das pessoas com opiniões negativas. É literalmente isso. Isso sempre me leva para a próxima coisa. É engraçado, você se concentrar apenas sobre eles e, em seguida, no próximo filme. Essa é a única coisa que você está pensando quando sai.”

Para alguém com o mundo aos seus pés – ele tem a franquia Crepúsculo atrás dele e o drama congelante de David Cronenberg, Comopolis, como seu próximo filme – Pattinson dá uma boa impressão de um homem atormentado com perguntas sobre si mesmo. “Eu nunca me levei a sério como ator,” ele disse, dentro de um vôo da Alemanha, onde, a propósito ele diz que todos parecem odiá-lo.

“É surpreendente o amontoado de pessoas que acham que serei realmente silenciado”, ele diz. “Acho que eles pensam que qualquer um que tenha feito filmes adolescentes é apenas um idiota. Eu não sei, talvez eu seja. Alguns dos melhores atores, se você falar com eles, eles não são as pessoas mais espertas no mundo.” Continue lendo… 

Tradução: Roberta Neves