Pegando o embalo da divulgação da fragrância da Dior, Robert Pattinson concedeu uma nova entrevista a revista alemã InStyle. Leia abaixo o que Robert tem para nos contar sobre essa nova fase de sua vida e carreira!


x Scans > Internacionais > 2013 > Agosto 2013 – InStyle (Alemanha)

Robert Pattinson, astro de Crepúsculo e rosto da nova campanha da Dior Homme, explica por que ele usa ternos apenas uma vez, no que gosta de gastar seu dinheiro e por que Bernadette é o seu verdadeiro amor.

Robert Pattinson, parecendo tranquilo com o cabelo curto e em um terno de grife preto, está beijando a modelo Camille Rowe com tanta paixão, que você acha que há algo acontecendo entre os dois de verdade. Talvez essa produção sexy para apresentá-lo como o novo rosto da Dior Homme seja para parecer uma despedida do seu amor pela Kristen Stewart: apaixonado, não convencional e cercado por belezas seminuas. Uma jogada inteligente da Dior e uma mudança de imagem para Rob. De ídolo teen à homem.

Durante a entrevista no Beverly Hills Hotel, ele ainda estava de ressaca por causa da festa de estreia. Ele está usando um tênis da Nike, calça jeans e camisa Acne com capuz e o cigarro eletrônico ao lado. Ele nunca esteve de tão bom humor. Será que ele prefere a vida de solteiro a de comprometido? “Não há uma boa resposta para essa pergunta” diz ele. Para muitos, ao que parece, há sim.

Q: Mesmo deixando Crepúsculo para atrás, você ainda está fazendo as pessoas desmaiarem como modelo da Dior Homme. Você já chegou a um acordo com seu status de símbolo sexual?
A: (risos) Foi um movimento deliberado. Eu estou mais velho agora. Até o ano passado, eu me sentia como uma criança, auto consciente e inseguro. Tudo parecia só acontecer comigo, eu estava me sentindo muito sortudo. Meu ego tinha que apanhar com isso também. Mas agora eu tenho uma carreira para planejar.

Q: Para onde você está indo?
A: Eu gostaria de continuar a fazer filmes “obscuros”, mas eu também tenho que ficar no radar para financiar estes projetos indie. Claro que depois de Crepúsculo eu poderia ter feito outro anuncio grande, mas eu pensei que a Dior é tão elegante. Eu nunca interpretei um personagem verdadeiramente masculino, erótico.

Q: Você poderia fazer uma pausa de um ano. Ou voltar para Londres.
A: Londres não é mais o mesmo lugar para mim. A última vez que eu vivi ali, no meu próprio apartamento, foi há seis anos e, entretanto, quase todos os meus amigos se mudaram para Nova York. Agora só resta a minha família.

Q: A Dior te apresenta como um moderno James Dean. Você vive cada dia como fosse o último?
A: De alguma forma, sim … Se eu morresse amanhã estaria tudo bem, porque eu não me nego nada. Mas eu não tenho uma vida muito excitante.

Q: Qual foi a coisa mais emocionante que já aconteceu com você ultimamente?
A: Não colocar o meu cinto de segurança quando estava dirigindo!

Q: Isso só conta se você ainda é o mau motorista que costumava afirmar ser.
A: Eu sou um motorista muito melhor agora, menos ansioso. Deve ser por causa da minha nova autoestima. Ou porque eu ficava preso no trânsito por muito tempo. Você só tem que ser frustrado o suficiente para perder todos os seus medos!

Q: Quem te ajuda a cuidar da sua vida como uma celebridade?
A: Eu não tenho um agente. Então, o não que eu digo é por minha conta. Meus cães, porém, Bear e Bernadette, cresceram e se tornaram verdadeiros cães de guarda. Eles estão afugentando quem passa perto da minha casa. Mas eu não possuo nada de valor, só poderiam roubar meu sofá (risos)

Q: Qual é o seu maior luxo?
A: Na verdade, eu gasto mais dinheiro com passagens de avião. Um voo de primeira classe de Los Angeles para Londres é 20,000 dólares. Então, pagar 200 dólares por um jeans parece muito.

Q: Mas você ainda gosta de ternos de grife.
A: Absolutamente. Eu tenho uma relação estranha com meus ternos, eu os uso apenas uma vez, mas não consigo me desfazer deles. Devo ter milhares guardados.

Q: Parece bastante vaidoso.
A: Eu ainda prefiro sair para beber cerveja. Mas eu li os termos e sei que a minha aparência faz parte do contrato. Tudo o que eu investir nessa marca, espero que me leve a outro emprego.

Q: Isso significa, que no tapete vermelho você está colocando tanta pressão sobre si mesmo como as suas colegas do sexo feminino fazem?
A: Eu continuo tendo ataques de pânico (risos). Ansiedade aguda da percepção corporal distorcida ou talvez eu só esteja com medo de ter escolhido a roupa errada. Meu stylist, Ryan Hastings, está me enlouquecendo com suas muitas opções.

Q: Parece que funciona, pois você sempre na lista dos mais bem vestidos.
A: É graças a Ryan também. Embora, o terno Gucci da última premiere de Crepúsculo tenha sido minha escolha. O verde.

Q: Você está usando estritamente Dior agora?
R: Em minha pele, definitivamente (risos).

Q: Você tem um nariz sensível?

A: Sim. Eu posso sentir quando alguém se sente desconfortável ou está mentindo. Tem um cheiro azedo.

Q: Como cheirava a primeira mulher da sua vida?
A: A minha namorada quando eu tinha doze anos? Era como sabão e detergente. Isso foi estranho. Eu acho que está tudo bem ser um pouco sujo…

Via | Tradução: Denise Simino