Anonymous, o decorado clássico cult de Jason Tanamor, também editor do Zoiks! Online, está querendo ser um filme. O romance é dedicado a Chuck Palahniuk, que era a inspiração por trás do  livro. “As histórias de Palahniuk não são como as que você vê todo dia. Entretanto, elas são histórias reais que acontecem com pessoas reais.  Com ‘Anonymous’, eu quis tocar em histórias que acontecem com pessoas  reais que não eram somente interessantes, mas importantes. Esse livro é parecido com o de Palahniuk porque o estilo e os temas são similares. Contudo, ele se mantém como uma interessante e intensa história”, disse Tanamor.

Tanamor acrescentou que Anonymous transformaria Pattinson de um ator adolescente, para um ator sério. E o raciocínio é a premissa de Anonymous: Anonymous é uma série de histórias contadas por prisioneiros em suas celas. Todos os dias, trancados em suas celas, esses prisioneiros extravasam sua coragem através de banheiros e tubos de esgoto, esperando passar o tempo até que eles possam ver a luz do dia. Algumas das histórias revelam coisas que só os prisioneiros deveriam ouvir. As outras histórias explicam porque as pessoas concordam que esses loucos devem estar presos.

As histórias são sobre assassinatos, vício em sexo e pedofilia. Mesmo que os fãs não queiram ver Pattinson nesse tipo de papel, Tanamor disse que isso faria Pattinson ganhar uma nova base de fãs. “Claro, isso ainda está nos primeiros estágios. Não há nada confirmado por agora, mas se o livro realmente virar um filme, eu quero Pattinson”, Tanamor disse. Continue lendo aqui …

O que vocês acham? Robert Pattinson deve se abrir para um papel tão extremo?