Novamente em entrevista ao site MovieFone, Rob e David Cronenberg conversam sobre o personagem principal, Eric Packer, a escolha de Cronenberg com o elenco e mais entre diversos assuntos relacionados à Cosmopolis.

Você já ouviu falar de “Cosmopolis”, a adaptação elegantemente surreal do livro de Don DeLillo, mas você já ouviu falar de seu diretor e estrela, bem-próximos David Cronenberg e Robert Pattinson? Nós estamos brincando.

Cronenberg, é claro, é o homem responsável por “Um Método Perigoso” e “Senhores do Crime”, enquanto Pattinson é a força motriz por trás de alguns muitos batimentos cardíacos como o par romântico do monumentalmente popular da “Saga Crepúsculo”. A dupla, considerada improvável de muitas formas, é o próximo passo lógico para Pattinson, que se aposenta das presas seu vampiro com o final de “Crepúsculo” em novembro, e já lançou as bases para uma carreira séria dramática com outros papéis, incluindo o protagonista no filme do ano passado, “Água Para Elefantes”.

Estamos nos questionando sobre o impacto de escolher de um ídolo teen em um filme muito adulto —  e esta semana, temos a chance de ir direto à fonte. Nós conversamos com Cronenberg e Pattinson sobre sua relação com os obstinados Twi-Hards, e sua opinião sobre o casamento recente de grandes nomes de diretores de filmes de super-heróis (Spoiler: Cronenberg acha que isso é ridículo). Continue Lendo…