Em nova entrevista, Robert fala de sua vida sem A Saga Crepúsculo, conta se sente mais livre para projetos como, por exemplo, o teatro, sua carreira musical que ficou conhecida depois de ter sido integrante da trilha sonora do primeiro filme da Saga, os futuros lançamentos e ainda trabalhos para 2012. Confira!

 

A Saga Crepúsculo agora acabou de vez e dentro de um ano é o último filme. Você agora tem a liberdade para se envolver em algum projeto de teatro em Londres.
RP
: Em teoria, sim. Embora eu deva esperar um pouco. Agora, se eu fosse para o teatro, o público seria muito mais algo estilo uma convenção de Crepúsculo. E ninguém iria aguentar isso, já que toda vez elas começariam a gritar por vários minutos, sempre que eu entrasse no palco. É por isso que eu prefiro esperar um pouco mais de tempo.

No primeiro filme, duas de suas músicas estavam na trilha sonora. Como anda a sua carreira musical hoje em dia?
RP:
Sobre a minha carreira musical eu não posso dizer muito. As músicas na trilha sonora foram uma boa coincidência. Mas eu ainda tento compor sempre que posso e volta e meia estou tocando a guitarra. Leia mais…