Conforme as fotos divulgadas mais cedo aqui, Robert concedeu uma entrevista ao site Metro, ontem pela manhã durante o Festival de Cannes, no qual o próprio estava presente ao evento para divulgação de Cosmópolis. Aqui o ator comenta sobre seus novos projetos, do fim de Crepúsculo e muito mais!

De Crepúsculo para o filme de David Cronenberg, que é um grande passo. É o começo de uma nova carreira para você?
Em primeiro lugar, estar aqui com este filme, é incrível. Para um jovem ator como eu, para as pessoas que realmente gostam de cinema, é o festival final. Um dos únicos que considera o cinema como uma forma de arte. Aqui não se trata de ser uma celebridade e tudo mais. Mas voltando a falar sobre minha carreira, é provavelmente o começo de algo. Porque Cosmopolis me deu a confiança que eu precisava para investir em mim mesmo e em projetos que realmente me interessam.

Você começou na Inglaterra, mas você se tornou famoso em Hollywood. Você acha que jovens atores americanos podem ver você em Cannes e tentar fazer o que você fez? Talvez …até o dia em que seu filme é selecionado ( risos). Na EUA, Cannes não tem tanta importância na mídia, falamos mais sobre isso em um ambiente profissional. Considerando que, em Londres, o festival é está na primeira página dos jornais durante duas semanas. O que é estranho aqui é todas essas pessoas batem palmas para você no final da exibição. Nos EUA, as pessoas saem assim que os créditos rolam. Perguntei a David o que aconteceria se fôssemos vaiados com Cosmopolis. Não temos que ficar de pé por 20 minutos de qualquer maneira? (Risos) Continue lendo …