A Revista Elle francesa em seu site publicou um artigo comparativo entre James Dean, ídolo dos adolescentes da década de 50, e Robert Pattinson, o ator sensação do momento. Confira a tradução feita por nossa equipe abaixo.

Um deles, James, é o emblema dos adolescentes dos anos 50, que tem 24 anos e que parece dez anos mais velho em seu terno. Foi em 1955: em cinco meses, morreu. Nós sabemos tudo sobre esta foto, a amizade que uniu o fotógrafo (Dennis Stock), localização (Nova York), à fadiga de James naquele dia. James pode ser imortalizado por seu amigo, que é capturado como uma solidão total que pressupõe quase a eternidade. Nada é além da vida do ator. Sua homossexualidade é cuidadosamente escondida. E James Dean, que falava, era proibido de discutir sobre o assunto. Iria encerrar sua carreira. E talvez a sua lenda.

O outro, Robert, é tão famoso que ele não poderia andar como um desconhecido na Times Square. Acabou essa época. Aqui, seguido por paparazzi, também tem 24 anos e quase a mesma cara de James Dean. Ele também deve ser discreto sobre sua vida sexual, mesmo que seja apenas para esconder o fato de que ele tem uma namorada, e não para desencorajar os seus fãs. Ele também é o ídolo do mal-estar dos  adolescentes. Mas, apesar do isolamento que lhe dá sua reputação surpreendente, ele está ligado a outros trabalhos com seu celular ao ouvido. Em vez de dar a impressão de estar adentrando na lenda, te dá a de que está tentando agarrar o pouco que resta da realidade. Entre estas duas fotos, tidas como celebridades patéticas. Mas também um certo lirismo que as tornaram incomparáveis…

Tradução: Iana Louise