O site The Globe and Mail esteve junto a Robert Pattinson e David Cronenberg durante a divulgação de Cosmopolis. E segundo o diretor do filme, ainda teremos premiere do longa metragem nos Estados Unidos, mais especificamente em Los Angeles e Nova York. Leia um trecho da entrevista a seguir:

Pattinson, que aparece como um reticente instintivo, em primeiro lugar, diz que foi uma decisão “semi-difícil” de pegar o papel no filme após quarto filmes da Saga Crepúsculo, 2 milões de dólares nas bilheterias de todo o mundo todo e outro filme da saga para ser lançado nesse outono, ele estava inclinado a fazer algo mais discreto.

“Eu achei que estava super saturado. Eu queria fazer um coisa em conjunto ou um papel pequeno em algo coadjuvante. Eu passei uma semana adiando entrar em contato com David, para decidir se eu queria fazer ou não. Leva um tempo para perceber que a pior coisa que pode acontecer é você fazer um filme ruim. E é bem mais divertido se jogar em um território um pouco mais abstrato do que perseguir um público ou acreditar que, se eu fizer um filme para o estúdio, eu posso fazer um para mim mesmo. Isso não interessa mais. Você poderia fazer 10 filmes para o estúdio e ainda sim não conseguir um filme independente financiado.” Leia mais …