Um novo caso vem para cima da saga. Nanette Shipley, uma observadora literária no trabalho em encontrar filmes, processa para ser paga por ter encontrado ”Crepúsculo”. Abaixo confira uma pequena parte do artigo, para ver na Íntegra clique aqui.

Uma mulher quer os créditos por descobrir Crepúsculo como um filme em potencial e exige pagamento por seu papel em ajudar a lançar uma das maiores franquias de Hollywood. Nanette Shipley diz em uma ação apresentada quinta-feira no Tribunal Superior de Los Angeles que ela foi “uma observadora literária,” cujo trabalho consistia em encontrar filmes potencial para Maverick Films. Shipley afirma ter obtido um enorme sucesso, ajudando Maverick, encontrar e obter os direitos para dois filmes, Crepúsculo e O Ladrão de Raios. Ela diz em sua denúncia contra Marverick e o cartola Mark Morgan que foi prometido 75 mil dólares americanos por seu trabalho de conexão com “Crepúsculo” e 100.000 dólares por seu trabalho de conexão com O Ladrão de Raios.