David Cronenberg e Robert concederam uma entrevista ao site Entertainment.Time para falar mais um pouco sobre Cosmospolis, como também sobre os seus projetos para o futuro, Mission: Blacklist, The Rover e mais. Confira abaixo!

Eric Packer, o gestor de finanças friamente carismático interpretado por Robert Pattinson em “Cosmópolis”, faz muitas coisas interessantes em um único e fatal dia. Em sua limusine branca, ele tenta atravessar Manhattan no trânsito congestionado em meio a protestos violentos como a ocupação [da Wall Street], e tudo isso em busca de um corte de cabelo. Ele perde centenas de milhões de dólares em uma oferta suicida de especulação de moeda. Ele aproveita uma tarde de sexo com uma especialista em segurança vestindo um colete e com uma arma de choque na mão. Ele também faz sexo com Juliette Binoche. Ele também passa por um exame de próstata estranhamente erótico, enquanto olhar fixamente nos olhos de uma associada suada. Ele recebe uma torta na cara de um “assassino de pastelaria” que viaja com um grupo de paparazzi. Ele é, também, perseguido por um real candidato a assassino.

Tanta coisa para se falar! Mas ofuscado a turnê de imprensa de Pattinson para “Cosmópolis” – dirigido pelo ótimo David Cronenberg e adaptado do livro de Don DeLillo de 2003 –  o frenesi recente dos tabloides está em torno de sua separação com sua co-estrela em “Crepúsculo”, Kristen Stewart. (O último filme da franquia “Crepúsculo” será lançado em novembro). A TIME sentou-se com Cronenberg e Pattinson – jovem, doce, totalmente afável e fumando um cigarro eletrônico – no SoHo de Manhattan um dia após a premiere de “Cosmópolis” em New York. Ficamos na maior parte do tempo neste assunto, ocasionalmente evitando constranger o vampiro de coração partido na sala. Continue Lendo…