Em uma nova entrevista concedida a Vanity Fair da Itália, Robert comenta um pouco sobre seu último filme lançado, Água para Elefantes, de Crepúsculo, um pouco de Bel Ami e ainda declara que não compreende como uma pessoa pode trair, especialmente porque foi criado acreditando na fidelidade de um casal. Confira essa entrevista traduzida por nossa equipe logo abaixo.

Robert Pattinson apareceu na capa da Vanity Fair da Itália uma vez antes, no final de 2009, quando ele de maneira infame afirmou que era solteiro, mas ninguém realmente acreditou no cara. Ele está agora na capa, mais uma vez para a edição da Itália de abril de 2011, e ele fala com a revista sobre casamento, malhação e roteiros. Abaixo estão algumas traduções da entrevista, através de Robert Pattinson News.

É verdade que a primeira coisa que você faz quando é te dão um script é ler a primeira e a última linha?

Se o roteiro é bom, o começo e o fim do trabalho, há uma chance de 75% de ser uma boa história. Caso contrário, a melhor coisa a fazer é esquecê-lo. Hoje o problema é que scripts com as piores primeiras páginas são aqueles que são feitos filmes e ganham mais dinheiro.

Você está dizendo que Crepúsculo é mal-escrito?

As coisas nem sempre funcionam desta forma. Mas é verdade que quando li pela primeira vez, não me atrai. Eu não conseguia entender o que havia de tão especial e por que todo mundo estava tão dentro dele. Leia mais…