Em nova entrevista para o jornal italiano II Mattino, Robert Pattinson comenta sobre o seu personagem em Bel Ami e sobre como ele se sentia em relação ao roteiro de Cosmopolis. Confira a seguir um trecho do artigo e aqui leia-o na íntegra.

Pergunta: Bel Ami descreve uma sociedade não muito diferente da de hoje, um mundo onde sexo é poder e obsessão por fama.
Robert: Uma coisa que me impactou do roteiro e do romance de onde ele saiu foi isso, essa atualidade extraordinária.

P: Quem é Georges Duroy hoje em dia?
R: (Ele é) Um garoto de hoje e de ontem, um dos muitos homens sem consciência que existem nesse mundo. Ele não tem ambições, mas pensa que tudo é devido a ele. E se alguém não o aprova, a energia mais incrível explode nele e o transforma em um ser demoníaco.

P: Depois dos vampiros, o demônio?
R: Esse é um personagem realmente mau. Edward Cullen é um cavalheiro, justamente o oposto.