Max Irons comentou sobre Robert Pattinson durante a premiere do filme Chapeuzinho Vermelho reconhecendo que o ator britânico foi “abençoado e amaldiçoado” com a fama.

Max Irons pode ser comparado à Robert Pattinson mas o astro de Red Riding Hood reconhece que R-Patz foi “abençoado e amaldiçoado” com a fama.

O filho do casal de atores Jeremy Irons e Sinead Cusack chegou no tapete vermelho em Hollywood para a premiere do novo filme que ele interpreta o amor de Amanda Seyfried. Tendo sido escalado e dirigido no filme pela diretora de Crepúsculo Catherine Hardwicke, Max confessou que qualquer comparação à Pattinson é um elogio. “Bem, Robert é um ator adorável, [mas] este é uma fera diferente no filme que não será nomeado!” brincou ele, antes de adicionar: “Sabe, eu acho que ele foi abençoado e amaldiçoado.”

Ele explicou: “Tudo o que você é capaz de fazer como ator é trabalhar e focar no trabalho. Por falta de um termo melhor, a celebridade é pretenciosa e você deve focar na qualidade do seu trabalho e meio que, eu acho, ignorar o resto disso. Se eu puder fazer isso e ter uma longa, longa carreira e não uma curta carreira, isso é tudo que eu quero.” “Por falar nisso, Robert terá uma longa carreira,” adicionou Max. “Eu sinto isso…porque ele é Inglês!” O jovem ator descreveu trabalhar sob a direção de Catherine Hardwicke como ‘louco’. “Temos uma diretora que nos encoraja a ser idiotas e só se divertir.”

Fonte | Tradução: Sheila Andrade