A autora Kate Long, que teve seu primeiro livro The Bad Mother’s Handbook adaptado para a TV, conta como foi a trajetória de criação da história e de ver como Robert Pattinson, que interpretou Daniel Gale, ajudou na divulgação do mesmo.

Fale sobre seu novo livro.
K: Eu escrevi Bad Mothers United em resposta as cartas dos leitores que se perguntavam o que aconteceu depois, por isso havia uma expectativa grande sobre isso. Alem disso, o personagem Daniel Gale, namorado de Charlotte, foi interpretado por Robert Pattinson e isso fez com que ele tivesse sua própria base de fãs. Ele tem uma conta no facebook e twitter, o que meu
deixou bem surpresa. Não posso dizer o quanto me sinto estranha em relação a isso, ver uma pessoa que eu inventei ter sua própria vida sem mim.

Como foi ver seu trabalho adaptado para a televisão?
K: Foi fascinante. Eles gravaram em locais como Harrogate, porque o orçamento veio da Screen Yorkshire – oh, a ironia! Eu estava animada para conhecer estrelas como Catherine Tate e ouvir ela dizer as frases que só foram ouvidas na minha própria cabeça. Claro, nós não percebemos a estrela em potencial que tínhamos conosco como R-Patz, ele tinha apenas 20 anos. Um
homem fisicamente impressionante no entanto. Me senti orgulhosa por ter a minha história transmitida em um canal com uma audiência tão grande.


Fonte
| Tradução: Denise Simino