A MTV conversou com James Franco, no Toronto International Film Festival durante a promoção de seu novo filme “127 Hours”, sobre o fenômeno Crepúsculo, uma vez que ele disse que já leu todos os livros e viu todos os filmes da Saga. Apesar de não ser um grande fã, ele fala na envrevista a seguir, que entende profundamente a metáfora da história:

Ele pode não ser um Twi-hard, mas entende profundamente a metáfora da história. “Eu não diria que eu gosto deles, mas estou fascinado com eles,” disse James sobre os livros. “Estou interessado na metáfora de vampiro que frequenta a escola e como o relacionamento com um vampiro pode ficar em pé por sentimentos que as pessoas tem como adolescentes. E a obsessão que as pessoas tem com isso também é fascinante pra mim.” James também analisou o papel dos filmes em toda a mania por Crepúsculo. “Agora é realmente difícil de desvincular os atores da experiência literária do fenômeno Crepúsculo,” disse ele. “Os filmes quase falam por si mesmos. Tem uma cena em Eclipse de Rob e Taylor, na barraca, que é quase uma cena de ‘Brokeback Mountain”, onde os dois estão conversando numa barraca e a garota está adormecida, e eles estão tendo, aquele momento romântico por ela, de alguma maneira. Um deles diz, ‘Bem, sou mais quente do que você,’ e ele está quase piscando para os fãs, para as Team Jacob ou Team Edward.” Mas ele ainda não terminou de ler Amanhecer. Ele leu um pouco da cena do parto (“Eu meio que sei o que acontece, um parto muito estranho, certo?” ele pergunta retoricamente”), “Eu li uma parte. Eu acho que peguei a cena de sexo, mas foi muito breve, e eu nem sabia que era mesmo a cena de sexo,” ele admitiu. “Foi meio que um desapontamento depois de toda aquela expectativa.”

Tradução: Sheila Andrade