Um artigo da Vman Magazine trouxe uma entrevista com os atores de A Hospedeira, do livro de Stephenie Meyer, Max Irons e Jake Abel, no qual eles comentam sobre a comparação com a Saga Crepúsculo e com Robert Pattinson. Leia a seguir a tradução do trecho que há a citação:

O texto é um pouco pequeno, mas é legível. O artigo identifica erroneamente o filme A Hospedeira como jovem adulto. Max respeita Phillip Seymour Hoffman e Paul Giamatti. Abel escreve roteiros e dirige curtas-metragens. É um bom artigo, apesar de curto, e vale a pena ler. Aqui estão algumas citações que eu retirei do mesmo para aqueles que não conseguem ler o texto minúsculo.

Jake: “Você vê todos esses caras querendo algo do gênero, e de repente está em uma franquia que está sendo comparado a Crepúsculo”.

Jake: “É mais parecido com um quadrado amoroso do que com um triangulo.”

Vocês podem se tornar o próximo Robert Pattinson?

Max: “É uma comparação muito preguiçosa já que Crepúsculo começou do nada. Pattinson foi perseguido pelas ruas de Paris antes dos filmes saírem. E ele está lidando bem com isso e tem cerca de cinco filmes com diretores aclamados por vir.”

Jake: “Várias pessoas querem bater o elenco de Crepúsculo, mas Taylor Lautner é um garoto muito bom e Robert Pattinson… Eu não poderia imaginar a enorme pressão com que ele vive. Pattinson ganhou meu respeito quando o vi lutar por determinados filmes. Água para Elefantes é um grande romance mesmo não atingindo todas as expectativas. Isso não é culpa dele. Esse é o risco quando assinamos um projeto.”


Fonte
| Tradução: Denise Simino