Bill Condon, diretor de Amanhecer, foi entrevistado por fãs durante a Convenção da Comic Con. Nessa entrevista, ele comenta sobre as cenas do casamento, do sexo, da censura e do Brasil. Confiram a seguir um trecho e o artigo na íntegra aqui.

Um dos lugares mais insanos por Crepúsculo, um dos lugares mais apaixonados do mundo por Crepúsculo, é o Brasil. Como você lidou com a filmar lá com tantos fãs que são diferentes de fãs nos Estados Unidos, que são muito apaixonados…?
Bill: Porém respeitosos. Foi muito interessante. Você sabe que o Rob contou aquela história de quando estávamos filmando (risos), mas foi realmente como se todos estivessem na rua em uma festa e de repente uma menina meio que foi em cima dele (imita braços sobre o pescoço do Rob, expressão de surpresa do Rob). E acho que ela foi decapitada (todos riem), porque eu perguntei algumas horas mais tarde “O que aconteceu com ela?” E todos estavam tipo “Eu não sei!” (Risos).