Em entrevista para a agência ‘Reuters’ Robert falou sobre a base primordial que são seus fãs, sobre a fixação dos tabloides por sua vida pessoal e sobre seus novos projetos para além da franquia. Confira abaixo:

“Amanhecer – Parte 2” foi lançado essa semana e ele é o quinto e último filme da série; nele, o personagem Edward saiu de um amante com seu amor incondicional por Bella, de um amor tumultuoso, para um marido e pai exemplar, que tem que proteger sua família contra um clã de vampiros, os Volturi.

Mas Robert Pattinson, 26 anos, ainda se veste de maneira deslumbrante que cativa e atrai milhares de gritos dos fãs alucinados, o que fez dele uma fixação e paixão dos mais diversos tabloides. Enquanto essa euforia dos fãs de “Crepúsculo” ainda o assusta, o ator britânico acredita e espera que seu público o siga enquanto perfizer a trilha por seus novos caminhos e rumos.

“Tudo diz respeito a ter controle sob si mesmo. Mas agora eu não me sinto como se tivesse qualquer controle.”, disse ele à “Reuters” com uma larga risada.

“Eles são um público muito eufórico, uma base primordial para mim, então, para mim se torna indispensável obter uma forma por meio da qual eu possa manter essa fidelização para com meu público.” Robert Pattinson se tornara uma referência em virtude, sobretudo de seu estilo “pin-up” de seu personagem Edward Cullen, mas o ator não se diz amedrontado e preocupado para com a eventual estimagtização de seu trabalho em um único personagem. “Eu não estou particularmente interessado em trazer minha vida real à tona”, disse ele. Continue lendo …