Entertainment Weekly libera vídeo de Robert Pattinson cantando em seu novo filme, veja:

Com a estréia marcada para dia 22 de Junho, a divulgação do novo filme de Robert Pattinson está forte. Um pouco antes da estréia do filme Damsel, a Entertainment Weekly liberou um vídeo exclusivo de um dos trechos do filme onde vemos o ator que interpreta Samuel Alabaster tocando e cantando a música Honeybun, confira à seguir o vídeo e um trecho da entrevista do ator:

De Entertainment Weekly

Há algo sobre cantar na frente de um público que faz Robert Pattinson “terrivelmente nervoso”, disse o ator à EW.

“Não importa se você está interpretando um personagem ou não, há algo sobre cantar onde você está nú”, disse ele. “Eu não tinha cantado na frente de ninguém por anos antes disso.”

Pattinson, 32 anos, que chegou à fama como um certo vampiro sensual e sexy, apresenta seu desempenho mais engraçado até hoje em Damsel, de David e Nathan Zellner, interpretando um caubói chamado Samuel, procurando por sua noiva Penelope (Mia Wasikowska) seqüestrada no deserto do Velho Oeste com a ajuda de um pregador infeliz (David Zellner).

“Eu queria fazer uma coisa totalmente fora de controle do Jim Carrey… uma palhaçada apropriada. Lembro-me de fazer a primeira tomada no primeiro dia e estava gritando ”, disse o ator.

“Eu acho que deveria estar jogando sério, e eu simplesmente não consegui. Então isso se tornou essa coisa idiota ”.

O maior desafio não foi adotar um sotaque ocidental ou agir no calor do deserto enquanto usava um terno grosso, disse ele. Em vez disso, foi a cena acima, onde Samuel decide cantar uma pequena canção doce que ele escreveu para sua noiva chamada “My Honeybun”.

“Essa foi a única coisa em todo o filme em que eu estava muito nervoso, não tenho ideia do porquê. Minha mão tremia tanto ”, ele disse.

“É um momento tão estranho … é tão estranho, sincero e doce ao mesmo tempo.”

Já se passaram 10 anos desde que Pattinson tocou o galã vampiro Edward Cullen no primeiro Crepúsculo e acumulou milhões de fãs. Depois de se despedir do papel, Pattinson disse que seu “golpe de sorte” veio em 2012 com o sedutor Cosmopolis de David Cronenberg, no qual ele interpretou um bilionário arrogante. Desde então, ele evitou franquias e blockbusters, ao invés disso mergulhou em papéis menosprezados como o lento e ingênuo Reynolds no drama de sobrevivência de David Michôd The Rover (2014) e a frenética Connie no thriller urbano de 2017, Good Time.

“Eu acho que muitos dos meus personagens estão alienados. Eu definitivamente acho que gravitei para isso mais depois que fiquei famoso ”, explicou ele. “É como se eu pudesse me relacionar.”

Pattinson confessou que ele costumava ser tímido, mas ao se permitir relaxar e assumir riscos como ator, ele está aberto a bancar o bobo. O embaixador da Dior é na verdade um giggler – ele ri quando diz que está esquecendo os nomes das pessoas, agora que está maduro, aos 30 anos, ou quando pede um “bolinhozinho inglês” no almoço.

Enquanto isso, a mania de Crepúsculo se desvaneceu e, enquanto seu nome ainda aparece nos tablóides, ele diz que as interações dos fãs são muito mais administráveis ​​hoje em dia.

“Sempre eram pessoas que estavam tentando ganhar dinheiro com isso, porque eles nunca deixaram você sozinho”, ele disse sobre ser tablóide.

“Se alguém está ganhando dinheiro com algo, você fica tipo ‘Nah, essa é minha carreira e você está literalmente roubando de mim e por causa de alguma lacuna na lei, você pode fazer isso’, e assim é uma das coisas mais frustrantes, faz você se sentir muito impotente … Agora, é muito legal porque não é a histeria, então as pessoas vêm até você e são legais com você. Sempre que alguém pede uma foto, é porque eles gostam de você. ”

Agora que ele está trancado em seu primeiro papel cômico, o ator disse que ele está definitivamente procurando exercitar seu osso engraçado na tela, desenvolvendo projetos que fundem comédia e drama.

“Estou tentando escolher papéis onde o público não teria expectativas preconcebidas de como esses personagens se comportariam”, disse ele.

Tradução: Barbara Juliany | Equipe Robert Pattinson Brasil

Um comentário em “Entertainment Weekly libera vídeo de Robert Pattinson cantando em seu novo filme, veja:

  1. Rob cantando mesmo que seja para ser engraçado, é demais, amo quando ele canta, que voz.

    “… Agora, é muito legal porque não é a histeria, então as pessoas vêm até você e são legais com você. Sempre que alguém pede uma foto, é porque eles gostam de você. ”

    Tem como ser mais fofo do que isso, como eu queria poder encontrar com ele <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *