Edward Cullen é sem duvida o vampiro mais emblemático da década de 2000. Os críticos não podem argumentar com relação a isso. No entanto, muito contestam os vampiros da saga “Crepúsculo” dizendo que eles quebram muitas das “regras”. Então o site Next Movie fez uma coluna, eu comparando Edward com seus antecessores vampiros, combinando-o com o filme mais emblemático de cada década.

Conde Orlok – O primeiro vampiro famoso do cinema, um monstro horrento que assombrava os sonhos em 1920. Horrivelmente feito, ele é como o oposto de R-Pattz.
Conde Drácula – Esse morador da Transilvânia. É o modelo para todos os vampiros subseqüentes.
Lestat de Lioncourt – Narrador principal de Anne Rice em “The Vampire Chronicles”, esse almofadinha é tão cruel quanto é lindo.
Blade – O caçador de vampiros mais emblemático, ele é meio homem meio vampiro e esta em constante batalha tanto contra seu demônio quanto aos reais demônios.
Edward Cullen – o romântico gala de Stephanie Meyer, ele chegou pra quebrar todas as regras sobre vampiros já existentes.

Clique aqui para ler a lista e comparações de Edward Cullen em os maiores vampiros do cinema.