Conforme reportado ontem, o nome de Robert Pattinson foi atado ao filme de estreia do diretor Brady Corbet, ‘The Childhood of a Leader’. Leia abaixo um pouco mais sobre este projeto num trecho do artigo do The Aesthete.

Corbet está prestes a embarcar em sua aposta mais difícil e arriscada até o momento. Assim que ele fizer Paradise Lost, ele volta a Paris para começar a preparação para sua estreia como roteirista e diretor. E é extraordinário: um drama de época da Primeira Guerra Mundial chamado de The Childhood of a Leader que ele planeja filmar em inglês e francês com nenhum gênero específico ou um conteúdo gráfico excitante. “É sobre uma família americana que tem de ir para a França para a conferência da paz de Paris”, diz Corbet. “Mas é, na verdade, uma fábula sombria sobre este menino crescendo durante um período politicamente bem pesado na história do mundo”. Corbet está bem ciente de que, para muitos, pode parecer algo difícil de vender. “Eu estou tentando encontrar maneiras novas e sugestivas para falar sobre ele e tentar fazê-lo soar de não tão seco. porque é muito formal mas é quase um filme de suspense. Ele chega perto de ser um suspense, com certeza. Sim, é um filme estranho. Acho que eu sempre fui apaixonado por tudo o que parece ser difícil”.

Corbet já atuou também em filmes como “Aos Treze” e “Melancolia”.