Mais uma vez, o diretor de Cosmópolis, David Cronenberg, comenta sobre Robert Pattinson o elogiando e falando o motivo de sua escolha para interpretar Eric Packer, assim como, o comportamento do ator nos bastidores do filme. Leia a seguir o interessante artigo traduzido:

Muito tem sido dito dobre sua escolha nao convencional de Robert Pattinson para o papel principal.
O que eu gosto em Rob Pattinson, como ator, é que ele é um ator sério. E você poderia perder isso de vista, porque ele fez esse enorme sucesso com Crepúsculo, mas ele não tem medo de interpretar um personagem que é difícil de gostarem, sabe, porque alguns atores em medo, porque acham que é muito pessoal, que eles próprios também serão odiados pelo público. Mas um ator de verdade não tem medo de interpretar um personagem insensível, e Rob é um ator de verdade.

Também, eu acho que para ser ator, precisa de inteligência, primeiro de tudo. Por exemplo, Rob percebeu imediatamente que o roteiro era um pouco engraçado, e a maioria das pessoas não entendeu isso. Depois você precisa de sensibilidade para as entrelinhas do filme, em termos do que vai para o filme, o diálogo, e por ai vai. E Rob, pessoalmente, sabe muito sobre cinema.

(risadas) Acho que seus fãs de Crepúsculo não perceberam isso nele, mas ele realmente é aficionado na arte do cinema. Quero dizer, no set, eu o pegava conversando com Juliette Binoche sobre o obscuro cinema francês, então ele traz uma real profundidade de compreensão sobre história e arte do cinema e todas essas coisas significam que, como diretor, você tem muito poder e muita capacidade de resposta de seu ator. É como dirigir uma ferrari ao invés de, sabe, um fusca. E com Rob você tem isso. Também devo acrescentar, ele é muito pé no chão e muito fácil de lidar. Ele não tem nada de diva, sabe. Ele é mesmo um amor de pessoa.

Fonte | Tradução: Luma Bloris