O diretor de Cosmopolis, David Cronenberg, menciona o filme em uma análise ao site do The Guardian do Reino Unido. Confira a seguir a tradução do texto:

Estranhamente, depois de “A Dangerous Method”, Cronenberg foi direto para um outro filme: uma adaptação de “Cosmopolis”, romance de Don DeLillo, estrelado por Robert Pattinson. A história se passa inteiramente dentro da limusine de um bilionário, atravessando Nova York. Cronenberg parece tão surpreso quanto qualquer um por ter se mudado tão rápido. “Geralmente eu levo três ou quatro anos entre os filmes, mas de repente lá estava ela e eu queria fazê-lo. Eu não virei as costas para o meu passado, mas quando eu estou fazendo um novo filme, meus outros filmes são irrelevantes.” Os críticos pensam sobre sua marca, ou a sua sensibilidade. Isso não é Cronenberguês? “Mas criativamente isso não me traz nada. É bom ser um adjetivo, mas também pode ser uma armadilha.”

Fonte | Tradução: Sheila Andrade