A premiere mundial de “Cosmopolis” aconteceu ontem no festival de Cannes e, com isso, vários sites internacionais estão deixando seus comentários e suas críticas sobre o filme e sobre o Robert Pattinson. Em 13 notas traduzidas pela nossa equipe, os comentários, em sua grande maioria, são positivos – o que nos leva a querer ainda mais conferir o filme! Confira abaixo as traduções:

 The Playlist

É correto dizer que Pattinson, o It Boy de hoje em dia, interpreta Packer, considerando quem seja o Packer de Cronenberg. Como a estreia formal do prodígio, o Packer de 28 anos é comicamente obcecado por mortes. “Morremos todo dia,” ele exclama de forma superior para um membro de sua grande comitiva de conselheiros. Packer ganha consultas diárias de seus médicos porque ele gosta dessa rotina mas também porque ele está procurando algo para confirmar suas suspeitas. Ele está convencido de que ele encontra essa coisa quando lhe contam que sua próstata é assimétrica. É muito engraçado ver Pattinson, sendo o tábula redonda lindo e jovem, interpretando Packer, um malandro que costumava a ser importante mas que agora não é capaz de dormir porque ele teme que não seja mais relevante.  

Screendaily

A estrela bancada por Crepúsculo Robert Pattinson está bem no papel principal: se seu Eric Packer é um pouco frio, de toque robótico, então é uma abordagem assumidamente estilizada de Cronenberg para a história, o que nunca ia ser um papel chamado para grandes emoções. Mas é difícil ver o apelo da juventude de Pattinson desviando este produto da casa do público em relação ao mercado adolescente – é muito lento e muito tagarela. Continue lendo…