Essa é obviamente uma crítica de uma exibição prévia de Bel Ami e como sempre, os críticos não são legais em relação a atuação de Robert Pattinson e seus filmes. Uma crítica é uma opinião pessoal e essa é tipicamente parecida com as demais que lemos sobre Remember Me na época de seu lançamento.

Bem, o Pattinson de 20 e poucos anos faz bem o papel do homem Georges Duroy pelo qual as mulheres também cedem mas no final, o personagem, bem como a atuação, é raso, o que com certeza o autor Guy de Maupassant sabe, mas que os diretores Declan Donnellan & Nick Ormerod falham. Os interesses amorosos são atuados soberbamente, como você esperaria de um trio como esse, também inclui Kristin Scott Thomas. Colm Meaney Colm Meaney está adequadamente distante, superior e desdenhoso como Rousset e Philip Glenister aparece em uma performance memorável de Charles Forestier.

A subtrama do filme, que só é abordada em algumas cenas, pretende impedir a invasão da França no Marrocos, o que supostamente aumenta a profundidade da história e seus personagens. Um problema que senti foi que o equilíbrio de Bel Ami é errado, em quanto o encontro casual com Charles acontece rápido, não lhes é dada a oportunidade de criar empatia com George.

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui. Aproveitando o assunto Bel Ami, não deixe de visitar o nosso hot site sobre o filme!