Como sabemos, a Summit Entertainment foi quem produziu e lançou a Saga Crepúsculo no mercado de cinema mundial. Com o sucesso que os filmes tiveram, a receita da empresa quintuplicou em dois anos, caindo nos periodos em que não tinha filme da saga a ser lançado. Acompanhe abaixo esses dados lançados pela Lions Gate, empresa que comprou a Summit.

A receita da Summit Entertainment mais do que quintuplicou de 2008 a 2010 baseado no massivo sucesso dos filmes de Crepúsculo, de acordo com a empresa reguladora Lions Gate Entertainment. Como parte da apresentação de potenciais financiadores e como parte da aquisição da Summit, que antes era uma companhia privada, a Lions Gate lançou os resultados da Summit pela primeira vez. Eles mostraram que em 2008, o ano que o primeiro filme de Crepúsculo foi lançado no cinema, até 2010, a receita da Summit passou de $211.6 milhões para $1.15 bilhões. O estúdio de Santa Monica também oscilou de uma perda líquida de $ 85,3 milhões em 2008 para um lucro 352,2 milhões dólares dois anos depois.

Em 2009, quando o primeiro filme de Crepúsculo saiu em DVD e Lua Nova saiu nos cinemas, a Summit teve um lucro de $145.1 milhões em uma receita de $722.1 milhões. 2010  foi um ano particularmente de sucesso não só porque o terceiro filme, Eclipse, foi lançado nos cinemas, mas tanto a imagem quando o DVD de Lua Nova saíram. Os estúdios tentam tirar o máximo de lucro das vendas de seu filmes em entretenimento doméstico e aluguéis. Nos primeiros nove meses de 2011, o ano mais recente em que a Lions Gate lançou os dados, a receita da Summit caiu para $331.3 milhões e seu lucro líquido foi de apenas $14.7 milhões. Durante esse período, no entanto, não existiram lançamentos de Crepúsculo. O quarto filme foi lançado no último novembro e o quinto e último filme da popular série de vampiros  será lançado nos cinemas em novembro próximo.

Fonte | Tradução: Desirée