Nossa equipe traduziu o artigo que fala, do porquê Courtney não deveria dispensar Robert Pattinson. Leia abaixo

Enquanto nós nem ao menos sabemos se Rob alguma vez esteve interessado no papel de Kurt Cobain para uma nova biografia nas telonas, quando os rumores disseram que ele estava escalado para interpretá-lo, o mundo definitivamente ficou sabendo. Isso incluía a esposa de Cobain, Courtney Love, que basicamente disse obrigado, mas não a escolha de Rob como o papel principal. Agora nós ouvimos de um escritor que brilhantemente aponta o porquê Love deveria querer dar uma segunda olhada em Rob, e as surpresas que ele poderia acrescentar à história. Então Pattinson está, obviamente, disposto a se esticar e provar que há mais para ele do que Edward Cullen. No início dos anos 90, quando Jamie Foxx estava interpretando o bobo em In Living Colour, quem imaginaria que um pouco mais de uma década epois, ele estaria aceitando um Oscar – e praticamente todos as outras honras que Hollywood tem a oferecer – para que incorpore perfeitamente o espírito do falecido, grande Ray Charles em Ray? Poderia acontecer de Pattinson fazer Cobain também, se simplesmente alguém lhe desse a chance. Mal podemos esperar…

Tradução: Josi Teixeira