Com a crise econômica, o famoso “Clube dos Atores que ganham US$ 20 milhões”, que inclui nomes como Tom Cruise e Julia Roberts, passou a ser uma opção menos atraente para Hollywood.

Os grandes estúdios de cinema apostaram em atores menos conhecidos do público nos papéis principais de várias produções no ano passado – e se deram muito bem, como em Crepúsculo.

Robert Pattinson e Kristen Stwart, o casal de vampiros de “Crepúsculo”, transformaram-se em celebridades mundiais com o estouro nos cinemas. O sucesso foi tamanho que a sequência “Lua Nova” bateu o recorde de ingressos antecipados de 2009 (estreou em 4.024 salas) e faturou quase US$ 143 milhões no final de semana de estreia. Com 40 dias de lançamento, o filme havia rendido mais de US$ 664 milhões em todo o mundo.

Leia mais sobre este artigo, clicando aqui.