O site da revista Capricho conta com exclusividade o que viu no filme Água para Elefantes, relacionando as 5 razões para não deixarmos de assistir o filme.

Jacob enfrenta um leão
Se preparem para rir bastante nesta cena! O dono do circo ensina Jacob a alimentar os leões e, apesar de tudo sair errado (nem vamos contar o que aconteceu!), Rob está muuito fofo e engraçado. Impossível não pensar que o ator se daria superbem numa comédia!

O amor entre Marlena e Jacob
Awn! A química rola superbem entre Robert e Reese Witherspoon, que vive a Marlena. Jacob vê a loira pela primeira vez nas cenas iniciais e não sabe que ela é esposa do dono. O climão de romance já domina nesta hora. Só uma coisinha: lembre-se de se manter focada na cena! As chances de você passar o filme inteiro babando são enormes. Em toda cena com a atriz, Robert fica com aquela carinha de “encantado” que faz a gente querer abraçá-lo.

A elefoa Rosie!
Own! Agora dá para entender porque Robert dizia em tudo quanto é entrevista que se apaixonou pela elefoa Tai (chamada de Rosie no filme) e que quase chorou quando as filmagens com ela acabaram. O momento em que o “bichinho” aparece é de fazer qualquer amante de animais pirar! Rosie é fofa e faz truques tão inteligentes e engraçadinhos! Socooorro! Queremos uma elefoa de estimação!

Jacob “passeia” em cima de um trem!
Uma das cenas mais lindas do filme é quando o personagem Jacob sobe em cima de um trem em movimento com August (Christopher Waltz), dono do circo. Os dois conversam um pouco mais sobre a vida e depois correm e pulam de vagão em vagão. Detalhe: Robert contou em diversas entrevistas que ele mesmo fez as cenas, sem a ajuda dos dublês.

Um final impressionante
Se você não leu o livro, provavelmente vai se impressionar demais com o final de “Água para Elefantes”. A cena é muito bem feita, cheia de correria e com uma cena de briga de deixa a gente sem respirar. A sequência toda é incrível e uma das melhores da produção.